Home - Desporto - OH Sports de hóquei patins injustiçada sofreu empate que pode ter comprometido sonho da subida.

OH Sports de hóquei patins injustiçada sofreu empate que pode ter comprometido sonho da subida.

Numa tarde onde o público compareceu no pavilhão municipal para apoiar a sua equipa, o jogo correu bem até ao intervalo, a equipa de Oliveira do Hospital dominou e chegou confortavelmente ao intervalo a ganhar por 2 – 0 na recepção ao ACD Gulpilhares nesta partida da 25ª jornada da Zona B da III Divisão Nacional sénior de Hóquei em Patins. Mas na segunda parte tudo mudou. E jogo terminou com um empate a quatro golos e com a subida do OH Sports à segunda posição, com um ponto de vantagem, mas também mais um jogo que a UD Oliveirense. E a grande figura foi o árbitro Rui França.

As equipas continuavam a debater-se em campo e eis que a figura do jogo passou a ser o árbitro Rui França que, curiosamente, é de Oliveira de Azeméis, cidade da equipa que disputa o segundo lugar com a formação de Oliveira do Hospital. Em poucos minutos e com critérios desiguais, o árbitro colocou dois atletas da formação da OH Sports fora de jogo com respectivos cartões azuis e o jogo mudou de rumo. Os atletas de Oliveira do Hospital acusaram a pressão e até o sentimento de injustiça do que estava a acontecer, não percebendo o porquê de uma infracção a seu favor, passar a infracção contra.

No final ainda houve lugar a um cartão azul para o guarda redes da equipa de Gaia, mas não chegou para a equipa de OH Sports recuperar da desvantagem de 3-4. Mais uma vez no último minuto numa falta a favor da equipa da casa o árbitro decidiu dar cartão azul ao atleta da casa que estava para marcar a falta e não ao atleta contrário que se colocou à sua frente impedindo a execução da do livre.

O jogo acabou com 4-4 e com a intervenção pronta da GNR que estava no pavilhão, devido à exaltação do publico que não entendia o que se estava a passar.

A partida terminou e há ainda a lamentar a lesão do atleta Barreto que, no final, sofreu um embate que o atirou para o hospital onde levou pontos e aguarda diagnóstico. A equipa da OH Sports passou assim à condição para segundo lugar, com mais um ponto que a equipa da UD Oliveirense B, da cidade de Oliveira de Azeméis, local de onde é natural o árbitro de hoje. Na última jornada o OH Sports desloca-se à Sobreira, equipa que está já promovida à II Divisão em primeiro lugar, e que na próxima terça-feira se desloca ao terreno da equipa de Oliveira de Azeméis. Prevê-se um final de época muito agitado.

Já os sub-23 ganharam ontem por 7-8 em Barcelos. Na próxima jornada a equipa sub-23 recebe “Os Limianos” e em caso de vitória é campeão nacional.

Nuno Pereira

LEIA TAMBÉM

CM de Oliveira do Hospital apoia mais de seis centenas de alunos do ensino básico

Mais de seis centenas de alunos do primeiro ciclo do Ensino Básico de Oliveira do …

FC Oliveira do Hospital inicia campeonato com recepção, em Tábua, ao União de Santarém

O sorteio da Liga 3 2024/2025, que conta com a Académica de Coimbra e Oliveira …