Home - Outros Destaques - Afonso, o último aluno em Meruge

Afonso, o último aluno em Meruge

Meruge, uma das freguesias do concelho de Oliveira do Hospital, conta com uma peculiaridade: tem um jardim de infância que é frequentado por um único aluno, depois de outros quatro que se tinha inicialmente inscrito terem optado por outros estabelecimentos. O nome desse pupilo é Afonso Oliveira Lourenço, tem quatro anos e conta só para si com uma escola, uma educadora de infância e uma auxiliar. O caso tem levantado alguma discussão e mereceu recentemente a atenção da TVI. Há quem diga que Afonso estaria melhor na companhia de outras crianças da sua idade. Que teria outro desenvolvimento. Os pais, porém, consideram que o filho recebe uma atenção que não teria nos jardins de infância “demasiado lotados” da cidade.

“Está superdesenvolvido. Além disso tem outras actividades em Lagares da Beira (outra freguesia do concelho oliveirense), como a natação ou a ginástica e não vejo que tenha qualquer problema de interagir com outras crianças”, refere o pai Sílvio Lourenço que trabalha, tal como a esposa e mão do Afonso na sede do concelho, a cerca de 15 minutos de casa. “É um bem para Meruge e acredito que está melhor e que são os pais que preferem colocar os seus filhos noutros estabelecimentos que não estão a ver bem a situação”, refere pior seu lado a mãe, Carine Oliveira.

Os pais contam com o apoio da Junta de Freguesia e do seu presidente, João de Abreu, que promete levar ao limite a sua luta para que o estabelecimento permaneça aberto. “Enquanto houver uma criança para frequentar este jardim de infância, vamos bater-nos, posso dizer assim, até à última gota de sangue para que se mantenha aberto”. O autarca também não olha para o dinheiro gasto como uma despesa. “Isto é um investimento que se repercute do ponto de vista afectivo, do desenvolvimento local e na problemática da desertificação que é uma luta que estamos a travar e que queremos vencer”, explica João de Abreu, que viu desaparecer metade da população da localidade nos últimos 50 anos. Resistem ainda 555 habitantes destes apenas 52 têm menos de 14 anos.

O presidente do Agrupamento de Escolas de Oliveira do Hospital, Carlos Carvalheira, porém, tem poucas dúvidas quanto ao futuro do Jardim infância de Meruge. “Se houver apenas um aluno inscrito no ano de 2024/2025, presumo que o encerramento será uma realidade”, remata.

Afonso no Carnaval

LEIA TAMBÉM

Alvoco celebra os 50 anos do 25 de Abril com várias iniciativas

“Alvoco sempre foi uma terra onde a Democracia se preservou. Com estes eventos que iremos …

ESTGOH e ESEC lançam mestrado conjunto em Gestão em Turismo e Inovação Territorial

A Escola Superior de Educação de Coimbra (ESEC) e a Escola Superior de Tecnologia e …