Home - Últimas - Ara vai despedir 180 colaboradores em Seia

Ara vai despedir 180 colaboradores em Seia

A Ara vai avançar em Seia com mais um despedimento colectivo, uma decisão que se inclui no processo de reestruturação da multinacional alemã e que vai levar ao encerramento da secção de costura. A notícia é avançada pelo jornal ‘Seia Digital’ que cita o presidente da Câmara Municipal de Seia, Luciano Ribeiro, o qual terá sido informado da decisão da empresa de despedir 180 trabalhadores, a partir do próximo mês de Outubro.

“É mais um despedimento colectivo que abrange até 180 trabalhadores, sendo que a empresa pretende requalificar até 60 trabalhadores para a secção de injecção”, referiu o autarca, que ontem à tarde esteve reunido com a administração.

A justificação que foi transmitida ao presidente do Município prende-se com a “redução de encomendas do calçado clássico, a adaptação ao mercado e a novas formas de fabrico”.

Luciano Ribeiro continua a receber da empresa garantias de que a unidade de produção se vai manter em Seia. “Reafirmam que estão a investir em Seia, nomeadamente com a concentração do armazém de exportação e a transferência da base logística da Áustria para Seia”, salienta o autarca.

Recorde-se que no passado mês de Março, a fábrica de calçado Ara dispensou 130 trabalhadores, reduzindo de seis para três as linhas de costura, seção que agora encerra definitivamente.

A Ara Shoes, com sede em Vila Nova de Gaia, implementou-se em Portugal em 1974, tendo a unidade de produção de Seia – a única que ainda labora no nosso país – começado a funcionar a 6 de Maio de 1991, tornando-se numa das principais empregadoras, produtoras e exportadoras do sector do calçado em Portugal.

LEIA TAMBÉM

Nelas recebeu “Selo Município Amigo da Juventude”

O Município de Nelas recebeu, na sexta-feira, a distinção “Selo Município Amigo da Juventude”, na …

Subida de temperatura e risco elevado de incêndios no interior nos próximos dias

Distrito da Guarda em aviso amarelo devido ao calor

O distrito da Guarda vai ser um dos que vão estar entre as 12h00 de …