Home - Opinião - Basta! Vá para o seu lugar e mantenha-se calmo!… Autor: Carlos Martelo

Basta! Vá para o seu lugar e mantenha-se calmo!… Autor: Carlos Martelo

É óbvio que o problema político-institucional está agora nos 50 Deputados obtidos pelo partido «Basta» – digo assim porque não quero dizer um sinónimo enquanto o verdadeiro nome desse partido que ameaça e chantageia a vida e o regime democráticos.

O respetivo e truculento «líder», cujo nome também evito dizer, está mesmo convencido de que «chegou (…), viu e venceu !».   Provavelmente, deve mesmo imaginar-se uma espécie, ainda que reciclada, do ditador romano «Júlio César» a invadir as Gálias…

Ainda que ressabiado por não estarem a ceder às suas exigências, acaba de se autoproclamar, em plena Assembleia da República, como «líder da oposição» e acusa outros deputados e outros partidos de «quererem tachos»…  Isto a propósito do recentíssimo acordo entre PSD e PS para a eleição do(s) Presidentes(s) da Assembleia da República para esta Legislatura.   A questão é se podemos ou não pensar que tanta sofreguidão que ele e seus pares demonstram para acesso ao poder a qualquer custo, tal indisfarçada ganância, afinal, não será para se posicionarem melhor e com hipótese de êxito, na corrida a «tachos» e similares, topam ?!…  Mas isto também é das tais coisas que não temos qualquer interesse político em demonstrar, note-se…quer dizer, mais vale que nunca acedam ao poder central.

Por agora, repito:- «Basta !  Vá para o seu lugar e mantenha-se calmo !».

Mas também afirmo que é preocupante e um mau sinal destes tempos, que 50 anos após o 25 de Abril e a «Revolução dos Cravos» – que possibilitaram a Democracia, as Liberdades e melhorias efectivas nas nossas vidas de Portuguesas e de Portugueses – tenhamos agora, arrogantes (e muito votados…), elementos que proclamam o «acerto de contas com a História e com o processo aberto pelo 25 de Abril»…  E que um deles acabe mesmo por ser eleito para um alto cargo institucional na Mesa da Assembleia da República, tendo sido indiciado por crimes «de sangue», cometidos através de um determinado «movimento» ( o MDLP de sigla) tido como «terrorista» e que, há menos de cinco décadas atrás, ainda actuava, violenta e ilegalmente em Portugal, contra pessoas e instituições.  É preocupante sem dúvida.

Assim, e eis o essencial, é cada vez mais necessário resolver os principais problemas das Pessoas e do País !!

Carlos Martelo

 

Autor: Carlos Martelo

LEIA TAMBÉM

Vacinas e pandemias. Autor: Luís Monteiro

Mary Wortley Montagu (1689-1762) foi uma escritora e poetisa notável. O nome da aristocrata inglesa …

“Bilhete Postal” desde Vila Franca da Beira e Aldeia Formosa. Edifício da (ex) Escola Primária de Vila Franca da Beira e Aldeia Formosa. Não é “património” do Presidente da Câmara Municipal ou de outros! Autor João Dinis

Vem esta nota prévia a propósito da ainda recente informação vinda a público pela boca …