Home - Outros Destaques - EPTOLIVA é a única escola portuguesa a vencer prémio mundial Steam

EPTOLIVA é a única escola portuguesa a vencer prémio mundial Steam

O projecto “Waste4Waves” da autoria de Honorata Pereira, docente na Escola Profissional de Oliveira do Hospital, Tábua e Arganil (EPTOLIVA), conquistou o 2.º lugar, na categoria do ensino secundário, no concurso internacional “STEM Alliance – Lenovo Competition: Turning Waste into Educational Wonder”, sendo também o único projecto português incluído nos três vencedores mundiais deste prémio, uma iniciativa organizada pela STEM Alliance da European Schoolnet, da Scientix, comunidade para o ensino das ciências na Europa e da Lenovo, empresa multinacional de tecnologia.

Nesta competição organizada em três categorias diferentes, Pré-escolar e 1º Ciclo, 2º e 3º Ciclo, e ensino secundário, Professores e Educadores de escolas primárias e secundárias da Europa, Médio Oriente e África foram desafiados a explorar o Caderno de Actividades da Lenovo, com o objectivo de desenvolver um projecto novo e criativo, concebido para incentivar o ensino prático e interactivo de disciplinas STEM (Ciência, Tecnologia, Engenharia e Matemática) e, em simultâneo, promover a sensibilização para a sustentabilidade e a gestão de resíduos.

E foi neste propósito que o estudo de materiais descartáveis e etiquetas RFID para a construção de instrumentos musicais se materializou no desenvolvimento do projecto, designado por “Desperdícios para Ondas”, cujo objectivo foi demonstrar a aplicação de radiofrequências, em aulas de Física sobre Som, ministradas ao curso de Técnico/a de Multimédia (11º ano). Com a integração das tags RFID num circuito eléctrico, a utilização de um Código Arduíno e um leitor RFID, os alunos fizeram corresponder cada frequência das tags a uma nota musical, criando desta forma um sino para cada som.

Como forma de reconhecimento, a EPTOLIVA foi galardoada com um prémio especial, um código de verificação LenovoSFICompetition que concede o acesso gratuito ao website Intel® Skills for Innovation. Este recurso que possibilitará aceder a metodologias criativas, actividades práticas, conteúdos de treino de Desenvolvimento Profissional e estratégias de ensino inovadoras, permitirão capacitar alunos e professores a prosperarem no cenário em constante evolução da tecnologia e da criatividade na educação.

“[este prémio] É mais um reconhecimento de que o desígnio 30.30 da EPTOLIVA continua firme no seu percurso de sucesso, que integra o compromisso dos desafios da Educação STEAM para o desenvolvimento das competências essenciais no Século XXI”, referiu o presidente da EPTOLIVA, Daniel Dinis Costa, sublinhando também a importância da estratégia que a EPTOLIVA tem vindo a afirmar no ensino das ciências, empreendedorismo e inovação, cuja participação neste tipo de concursos tem vindo a estimular uma aprendizagem mais prática e orientada ao desenvolvimento de projectos inter/transdisciplinares, que permitem cruzar a criatividade e a inovação com a ciência, em sintonia com a Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável. “Fazem da EPTOLIVA uma Escola modelo na forma de trabalhar, participar e ser premiada em Concursos Nacionais e Internacionais de Ciência e Inovação. Este é o caminho que a EPTOLIVA percorre diariamente, porque continuamos juntos, a Formar Futuros Vencedores”, conclui Daniel Costa.

LEIA TAMBÉM

Alvoco celebra os 50 anos do 25 de Abril com várias iniciativas

“Alvoco sempre foi uma terra onde a Democracia se preservou. Com estes eventos que iremos …

ESTGOH e ESEC lançam mestrado conjunto em Gestão em Turismo e Inovação Territorial

A Escola Superior de Educação de Coimbra (ESEC) e a Escola Superior de Tecnologia e …