Home - Outros Destaques - Novo edifício da ESTGOH terá capacidade para mil alunos e residência universitária deverá estar concluída em Setembro do próximo ano  

Novo edifício da ESTGOH terá capacidade para mil alunos e residência universitária deverá estar concluída em Setembro do próximo ano  

A Câmara de Oliveira do Hospital apresentou hoje de manhã o projecto das novas instalações da Escola Superior de Tecnologia e Gestão (ESTGOH), que será construída no actual edifício da escola do primeiro ciclo de Oliveira do Hospital, passando a contar com uma capacidade de mil alunos. Foram dados a conhecer novos pormenores sobre a residência de estudantes que vai ficar instalada no imóvel do antigo hotel São Paulo. Esta terá uma lotação 55 quartos e 98 camas, devendo estar concluída em Setembro de 2025. A transformação do edifício que acolherá a ESTGOH é que ainda não têm prazos estabelecidos.

“Construímos gradualmente um projecto que reforça a Escola Superior de Tecnologia e Gestão como o posto avançado do Instituto Politécnico de Coimbra no interior da região centro”, disse hoje o presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital. “Estes projectos permitem pensar estruturalmente em atrair e fixar os alunos na oferta formativa que se quer dinâmica e dialogada com o território e com os agentes económicos da região”, afirma José Francisco Rolo.

As novas instalações da Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Oliveira do Hospital, com três pisos, vai permitir aos alunos usufruírem de várias valências, como uma biblioteca, laboratórios, 25 espaços de aulas, com capacidade de 60 a 80 alunos cada, bem como um auditório com cerca de 150 lugares. Já a residência universitária terá quatro pisos, oferecendo, além das 98 camas, vários espaços de apoio aos estudantes, como uma lavandaria, parque de bicicletas interior, biblioteca ou salas de estudo. As duas empreitadas representam um investimento a rondar os dez milhões de euros (cerca de quatro milhões para a residência e seis milhões para a reconversão da escola do escola do primeiro ciclo na ESTGOH).

O presidente da autarquia oliveirense sublinhou ainda que estes projectos resultam de um “longo processo de diálogo” e a “a aposta do Instituto Politécnico de Coimbra em reforçar o papel de posto avançado que têm na Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Oliveira do Hospital”. Estes projectos vão, no entender de José Francisco Rolo, “gerar dinâmicas económicas, de animação e sociais, permitindo a revitalização do próprio ambiente urbano da cidade”. O autarca salientou ainda que era importante manter a escola no centro da cidade para atrair mais alunos, uma ideia reforçada pelo presidente do Instituto Politécnico de Coimbra.

“É impossível desenvolver o ensino superior se não formos capazes de atrair os estudantes e os integrar na cidade”, referiu Jorge Conde, considerando importante para se atingir esses objectivos que a escola permaneça no centro da cidade. Jorge Conde frisou ainda que a residência universitária irá transformar a ESTGOH num estabelecimento de ensino mais atractivo. “A escola perde actualmente muitos estudantes falta de alojamento”, concluiu.

 

LEIA TAMBÉM

CM de Oliveira do Hospital mostra imagens do projecto das novas instalações da ESTGOH

A CM de Oliveira do Hospital partilhou hoje algumas imagens do projecto das futuras instalações …

Alvoco apresenta III edição do Arraial Social com um “cartaz de várias gerações e para vários públicos”

Freguesia do concelho de Oliveira do Hospital quer reunir dinheiro para ajudar na Requalificação do …