Home - Sociedade - PJ deteve pedreiro que abusou sexualmente de doente mental
Polícia Judiciária faz detenções por violação, assalto e tentativa de homicídio

PJ deteve pedreiro que abusou sexualmente de doente mental

A Polícia Judiciária (PJ), através da Directoria do Centro, deteve um homem, de 62 anos, pedreiro por suspeita da prática de vários crimes de abuso sexual de pessoa incapaz de resistência, de que foi vítima uma mulher, com 35 anos de idade. Os factos, adianta a PJ, ocorriam desde 2014, mas não revela o local onde se registaram os factos.

O detido aproveitou-se da incapacidade da vítima, que sofre de doença de foro mental, para praticar os abusos, de forma reiterada. O homem ouvido em tribunal ficou proibido de contactos com a vítima e de apresentações periódicas junto das autoridades.

LEIA TAMBÉM

12,4 milhões de dívidas totais, mas presidente da CM de Tábua assegurou que vai continuar a investir

Panorama financeiro ruinoso da câmara de Tábua em evidência na última assembleia municipal “A situação …

“Com pequenos gestos podemos fazer a diferença”

O empresário Fernando Tavares Pereira juntou no Pombal naquele que foi o 4º Encontro do …